Morada: Rua Nova do Almada, nº 70-74

Telefone: 21 342 44 22 / 346 70 84

Sítiohttp://ferin.pt

E-mail:  ferin@ferin.pt

Fundador: Maria Teresa Ferin

Proprietário actual: Margarida Pinheiro, João Paulo Pinheiro e Princípia Editora (desde 2011).

Artigos: Livraria generalista mas especializada em livros de grande qualidade, mormente livros de Arte, História, Genealogia e Militaria, livros em línguas estrangeiras, especialmente em francês, alemão, inglês e castelhano, e livros raros. Atendimento personalizado. Dispõe de um serviço para bibliotecas. Trata ainda da assinatura de revistas e da compra de livros nacionais ou estrangeiros, com serviço de entrega ao domicílio. A Livraria Ferin possui uma sala para eventos, de arquitectura pombalina, para eventos: debates, lançamentos de livros, tertúlias, exposições e workshops.

Decoração: Mobiliário em mogno maciço, relógio e barómetro antigos. Guarda e expõe material e maquinaria antiga, como ferros, prensas, e máquinas de dactilografar.

Protecção: Consta do Inventário Municipal (nº 48.102) anexo ao PDM e está inserida na Lisboa Pombalina classificada Conjunto de Interesse Público (2012)

Curiosidades: O nome desta livraria tem origem no apelido de uma família belga que se fixou em Portugal por ocasião das guerras napoleónicas. O primeiro Ferin que se mudou para Lisboa chamava-se Jean Baptiste e era o 6.º avô de Vasco Dias Pinheiro. Jean-Baptiste teve 11 filhos, 7 dos quais começaram a trabalhar em profissões ligadas aos livros (Gabinete de Leitura, Encadernação, Tipografia, etc…). As filhas de Jean-Baptiste Ferin abriram um Gabinete de Leitura no Chiado no local onde fica hoje a Livraria Ferin, que funcionava mais como uma biblioteca do que como uma livraria, pois emprestava os livros a quem quisesse lê-los. As pessoas pagavam o aluguer dos livros e era com esse dinheiro que se ia aumentando o número de exemplares do Gabinete. Como eram estrangeiras, Maria Teresa e Gertrudes tinham facilidade na compra de livros estrangeiros e começaram a ser conhecidas no meio cultural lisboeta. Com o passar do tempo, o Gabinete de Leitura tornar-se-ia mesmo numa livraria. Até meados do século XX, a Ferin dispôs de uma oficina de encadernação, chegando a ser nomeada Encadernadora Oficial da Casa Real, a mando de D. Pedro V. (in Livraria Ferin)

Horário de funcionamento: Aberta de 2ª Feira a Sábado das 10h às 20h.

Facebook