Morada: Praça Dom Pedro IV,  nº 7-9

Telefone: 21 342 37 23

E-mail: joferreiramarques@gmail.com

Fundador: Adriano Ferreira Marques

Proprietário: Joalharia Ferreira Marques, Lda.

Artigos: Joalharia, ourivesaria e pratas, filigrana, relógios.

Decoração: A loja mantém-se praticamente na mesma desde a sua inaguraçã, embora com melhor iluminação e com outra disposição. A fachada é Arte Nova, em ferro e vidro colorido, encimada com um magnífico alpendre. O espaçoso salão interior está decorado com mobiliário composto de bancadas e armários-vitrine, folheados a olho-de-perdiz, colunas em mármore de Itália, tectos em moldura em estuque e a parede ao fundo registando o elegantíssimo monograma “FM”, encimado por pintura do retratista Seruya. Realce também para a pequena cabine onde até há poucos anos trabalhava o contabilista e vários galardões expostos.

Protecção: Consta do Inventário Municipal (nº 48.03) anexo ao PDM e está inserida na Lisboa Pombalina classificada Conjunto de Interesse Público (2012)

História: A loja foi fundada em 22 Julho de 1926 por Adriano Ferreira Marques, bisavô de José Filipe Marques, actual sócio-proprietário. A família Ferreira Marques, originária do Porto, está ligada ao fabrico de joalharia desde finais do século XIX, sendo hoje a conhecida marca Topázio uma dessas referências, embora propriedade de outro ramo da família que não o da Joalharia Ferreira Marques. Com a caída em desuso da prata decorativa, a loja passou a focar-se em relógios de marca, ourivesaria, joalharia moderna e de designer. Até 1974, mantiveram loja também no Porto, altura em que passaram a centrar a actividade na loja do Rossio.

Curiosidades: Quando se ia à Ferreira Marques ia-se não só a uma joalharia de referência, que tinha como clientes os mais ilustres de Lisboa, como também havia todo um lado social nessa ida, pelo que, como nunca se sabia quem se iria encontrar por lá, era prática comum vestir-se melhor para o efeito. Esta loja está também associada a vários filmes, desde logo a “007-Ao Serviço de Sua Majestade” (1969) e à célebre sequência em que Bond compra o anel de noivado. Essa cena continua a valer à joalharia várias visitas de fãs dos filmes do agente secreto, a começar pelo actor Pierce Brosnan, que visitou há alguns anos a loja a esse propósito. Curiosamente, a filmagem da referida cena implicou tanto aparato na altura em termos de maquinaria e de figurantes, que assustaria Adriano Ferreira Marques, bisavô de Filipe Marques, actual sócio-proprietário, que se pôs em fuga do local incomodado com a situação… Outro filme em que a Ferreira Marques também serviu cenário foi “Singularidades de uma Rapariga Loira” (2009), de Manoel de Oliveira, filme em que participou um dos seus funcionários, tendo recebido cachet para o efeito e alguma celebridade.

Horário de funcionamento: Aberta de 2ª a 6ª Feira das 10h às 19h. Aos Sábados, das 10h às 13h.

Facebook